segunda-feira, 18 de maio de 2015

Astronomy Picture of the Week: Dois mundos, um Sol.

A minha vontade é de postar todas as imagens do Astronomy Picture of the Day, mas escolho somente uma por semana, normalmente a minha favorita, mas essa semana eu tive de trair meu gosto e deixar a maravilhosa Nebulosa da Cabeça de Cavalo de lado, afinal ela é uma das imagens que me fez ficar impressionada com astronomia ainda na minha infância. Deixei ela de lado para mostrar o pôr do Sol, coisa que vemos todos os dias (em teoria, na prática o céu já está escuro quando eu saio da aula). Mas nessa imagem, além do pôr do Sol que já conhecemos, tem uma perspectiva diferente, o Sol visto de Marte.

Para ver texto e imagem originais, clique aqui.

Tradução porca feita por mim:
"Quão diferente parece o pôr do Sol de Marte do da Terra? Para comparação, duas imagens da nossa estrela comum foram tiradas no pôr do Sol, uma da Terra e uma de Marte. Essas imagens foram ajustadas para terem o mesmo tamanho angular e postas aqui lado à lado. Uma rápida inspeção revelará que o Sol parece ligeiramente menor de Marte do que da Terra. Isso faz sentido já que Marte está 50% mais longe do Sol do que a Terra. Mais impressionante no entanto, é que o pôr do Sol Marciano é notavelmente mais azul próximo do Sol do que as típicas cores laranjas do cenário Terrestre. A razão dos tons azuis de Marte não é completamente entendida, mas pensamos que pode ser relacionada com propriedades de espalhamento da poeira Marciana. O pôr do Sol terrestre foi fotografado em março de 2012 de Marseille, França, enquanto o pôr-do-sol marciano foi capturado no mês passado pela sonda Curiosity da NASA, da cratera Gale em Marte."


Não sei se a imagem não favorece Marte, mas o nosso pôr-do-Sol é muito mais bonito! Principalmente quando aparece tons de roxo e rosa como aconteceu em toda a região sudeste do Brasil na semana retrasada (graças às partículas da erupção do vulcão Calbuco no Chile). Diferentes elementos na atmosfera podem mudar a coloração do céu. 

Nosso céu é azul durante o dia pois nossa atmosfera espalha a componente azul da luz que vem do Sol. Durante o pôr do Sol, a luz do Sol percorre um maior caminho na atmosfera até chegar aos nossos olhos, mais luz azul é espalhada e as tonalidades vermelhas chegam direto aos nossos olhos. Em alguns casos, até luz verde pode chegar até nós, o que é conhecido como Green Flash, clique no vídeo abaixo para ver.



Durante o pôr do Sol, algumas partículas dispersas na atmosfera como poeira, poluição ou cinzas de um vulcão podem interferir nesse processo de espalhamento e cores lindas aparecem, como o rosa e o lilás. Talvez na atmosfera marciana, que tipicamente apresenta um tom esverdeado, existam partículas que façam o pôr do Sol ficar esverdeado, mas se nem os cara da NASA sabem explicar ao certo, quem sou eu para tentar?

Nenhum comentário:

Postar um comentário