segunda-feira, 6 de abril de 2015

Astronomy Picture of the Week: Aurora em Forma de Bandeira sobre a Suécia

A minha vontade é de compartilhar todas as imagens do Astronomy Picture of the Day, mas escolho só a minha favorita da semana, e meu coração sempre bate mais forte com imagens de auroras, ainda mais quando são multicoloridas.

Para ver texto e imagem originais, clique aqui.

Tradução porca feita por mim:
"Parecia, momentaneamente, como uma uma bandeira listrada com 50km de altura. No meio de março, uma energética ejeção de massa coronal na direção da Terra levou a uma das mais intensas tempestades geomagnéticas dos últimos anos. Um resultado visual foi a grande quantidade de auroras vistas em muitos países próximos dos polos magnéticos terrestres. Capturada sobre Kiruma, Suécia, a imagem mostra uma incomum cortina plana de, com a cor verde emitida na baixa atmosfera, e vermelho muitos quilômetros acima. É incerto onde as raras auroras roxas se originam, mas envolve a incomum aurora azul em uma altitude ainda menor do que  a verde sobreposta com uma muito mais vermelha. Como o Sol continua próximo do máximo de atividade em sua superfície, é provável que noites coloridas de aurora sobre a Terra continuem"

Auroras são lindas demais, mas essa acho que ganhou de todas as que eu já vi (em fotos, porque a pobreza ainda não me permitiu viajar para lugares com auroras). Se você também é um apaixonado por auroras, tem uma página no Facebook que deve seguir: Aurora Addicts. Será um verdadeiro spam de imagens bonitas na sua timeline.
Mas tudo tem um lado bom e um lado ruim, tempestades geomagnéticas geram essas auroras lindas, mas também afetam coisas que nem paramos para pensar. Quem tem NET em casa, pode ter visto o seguinte aviso aparecer na tela da TV esses dias: Este canal está momentaneamente fora do ar devido a interferência solar no satélite do canal.

Aqui em casa apareceu e na casa de muita gente também, pois vi várias pessoas postando sobre isso no Facebook, achando que fosse um migué das nossas muito eficientes sqn operadoras que monopolizam TV, internet e telefone. Mas dessa vez era verdade. A mesma radiação que chega do Sol e produz as lindas auroras, também atinge satélites que estão no espaço. A interação dessa radiação com os circuitos pode gerar falhas na comunicação e até mesmo danificá-los permanentemente.

Em casos de tempestades geomagnéticas estremas, pode haver até mesmo indução de corrente nas linhas de transmissão de energia elétrica em altas latitudes, sobrecarregando a rede, como aconteceu no Canadá em 1989, quando uma parte do país ficou no escuro por horas após os transformadores simplesmente derreterem e torrarem com a sobrecarga.

Um grande transformado e detalhes dele torrado em 1989
Pra quem quiser saber um pouco mais sobre as auroras, fiz um post com um vídeo que mostra o mecanismo por trás da geração delas, podem conferir neste post. E é um tema muito legal de pesquisar e aprender um pouco mais!

Nenhum comentário:

Postar um comentário