terça-feira, 31 de março de 2015

Esmalte da Vez: Sem nome, marca e nacionalidade.

Quase um ano atrás eu ganhei uma viagem para o Uruguai e obviamente comprei alguns esmaltes. Usei quase todos assim que voltei, tirando este estranho vidrinho em formato de estrela, com a Cinderela no rótulo e e cheio de pedrinhas grudadas. Esse esmalte não tem nome, marca ou nacionalidade, pelo menos não indicado no rótulo.



Paguei o equivalente a cerca de R$1,50 nesse esmalte em uma farmácia que tinha na frente do hotel, comprei só pelo vidrinho mesmo. Tinha nessa cor vermelha e um rosa neon terrível. Lembro-me de que quando fui registrá-lo no meu caderninho de esmaltes, achei terrível, aguado e com um pincel fino demais. Fiquei me preparando psicologicamente para usá-lo, por quase um ano.


E incrivelmente ele foi menos pior do que eu imaginava. Consegui usar duas camadas, mas dá para ver que ficou um pouco manchado, aparece mais nas fotos, ao vivo é aceitável. Foi chatinho para limpar nos cantinhos, parecia não secar nunca e ainda arrastava junto o esmalte que estava perto.


A cor é um vermelho bem comum, mas bonito. Não tinha muito brilho e ainda formou algumas bolinhas, mas com top coat roxinho o problema foi resolvido. Ainda continua o mistério sobre quem e de onde é esse esmalte.

Nenhum comentário:

Postar um comentário