quarta-feira, 14 de janeiro de 2015

Boca Colorida: Sapatilha Dailus (e comparação com Jaboticaba Max Love)

Depois que eu ganhei o batom Jaboticaba, pensei que nem deveria mais comprar o Sapatilha da Dailus. Eu queria muito esse batom, mas ele nunca chegava aqui na cidade, então desencanei quando ganhei o Jaboticaba. Mas é aquela coisa, você chega na perfumaria e o zóio é maior que o bolso e bom senso. 

Achei a cor linda no vidrinho e na minha cabeça ela era diferente do Jaboticaba. De fato, quando cheguei em casa e coloquei as duas lado a lado, vi que eram bem diferentes... mas só no vidro. ¬¬


Jaboticaba e Sapatilha
Passando no braço as cores são praticamente iguais, que ódio!! Primeiro por ter gasto quase R$18,00 em um batom que eu tenho igual em casa. Segundo por não ser nem um pouco parecido com a cor do vidrinho. Eu queria um batom roxo, roxo como no vidrinho e não um vinho arroxeado, pois esse eu já tenho.

Jaboticaba (esquerda) e Sapatilha (direita)
Como se não bastasse a tristeza de comprar um batom igual, vem o ódio na hora de passar. Simplesmente não consegui passar esse batom. Borrava e manchava demais, além de descascar todo. Depois de muitas tentativas, com aplicador, com pincel, com balm, sem balm, eu arreguei e fui googlear uma forma de resolver este problema. Acabei encontrando neste post do Nox et Lux uma forma de disfarçar esses problemas do Sapatilha.

A gambiarra é basicamente passar um outro batom escuro por baixo do Sapatilha e foi o que eu fiz. Mas achei que isso acabou mudando um pouquinho a cor dele, no fim ficou mais escuro do que o Jaboticaba na boca.


Ainda ficou manchado, mas de longe é aceitável. O que não é aceitável é minha cara de decepção abaixo depois de passar muito tempo tentando acertar um batom na boca.


Chateada. Chateada com a cor, a textura, o acabamento e tudo o mais. Poxa Dailus, gosto tanto dos seus produtos, espero que você não me decepcione na próxima coleção.



Nenhum comentário:

Postar um comentário