segunda-feira, 29 de dezembro de 2014

Astronomy Picture of the Week: Esse Cometa Lovejoy

Dei uma fugida para um lugar com internet só para escrever esse post, na próxima semana também conseguirei isso, depois não garanto mais até o fim de janeiro. Como foi o Natal?

Minha vontade é de compartilhar todas as imagens do Astronomy Picture of the Day, mas escolho só a minha favorita da semana. Para essa escolhi a de um cometa que você pode encontrar no céu agora. Essa imagem foi para a página do APOD no dia de Natal, mas não tem nada a ver com a Estrela de Belém, apesar de que a aparição de um cometa seja uma das explicações para a famosa "estrela".

Pra ver texto e imagem originais, clique aqui.

Tradução porca feita por mim:
"Cometa Lovejoy, C/2014 Q2, está enquadrado como uma árvore de Natal cósmica com estrelas decorando seu retrato telescópico, tirado em 16 de Dezembro. A adorável coma está tingida de verde pelo diatômico C2, gás fluorescendo na luz do Sol. Descoberto em Agosto deste ano, o Cometa Lovejoy ainda está varrendo o norte através da constelação da Colomba, indo para o sul da Lebre e Órion. e seu brilho é o suficiente para boas visões com binóculos.  Não é sua primeira vez através do Sistema Solar interior, esse cometa passará próximo do planeta Terra em 7 de Janeiro, enquanto seu períelio (ponto mais próximo do Sol) será no dia 30 de Janeiro. Claro, o periélio da própria Terra em 2015 está previsto para o dia 4 de Janeiro. Como um cometa de longo período, o Cometa Lovejoy deverá retornar novamente... em cerca de 8 mil anos."

Eu tive a alegria de conseguir observar este cometa um pouco antes de sair de férias, na madrugada do dia 16. Não consegui observá-lo com binóculo, mas com o telescópio, ah que maravilha! Foi possível observar o núcleo cometário envolto na coma bem esverdeada (parte redondinha e enevoada ao redor do cometa). Na ocasião não consegui observar a cauda, e creio que nem conseguirei, já que no fim de mundo onde estou não tenho telescópio e nem binóculo. Aliás, espero que essa seja minha próxima aquisição importante. Pelo que andei lendo nos últimos dias, é possível agora observá-lo a olho nu em locais bem escuros ou com binóculos, para quem quiser tentar, aqui vão dois mapinhas com a posição dele nos próximos dias, como quando ele se aproxima do Sol desloca-se mais rápido, o deslocamento é maior. Caso tenha problemas em localizar as constelações no céu, aconselho o software Stellarium, é fácil de usar e pode ajudar em sua localização. Consegui os mapas no site gringo Sky and Telescope.

Mapa até 2 de Janeiro

Mapa para o mês de Janeiro.

Nos últimos anos tem aparecido diversos cometas Lovejoy, isso porque os cometas levam o nome de seu descobridor, no caso o  australiano Terry Lovejoy. Ele descobriu alguns cometas que deram show nos céus nos últimos anos. Em 2011 houve um que para mim foi inesquecível, o primeiro cometa que vi na vida, em 23 de dezembro de 2011, o C/2011 W3. Era algo monstruoso, grande, brilhante e espero ver algo assim na minha vida novamente. Crédito da foto ao meu amigo Gustavo Rojas.




Nenhum comentário:

Postar um comentário