segunda-feira, 24 de novembro de 2014

Astronomy Picture of the Week: Formação Estelar na Nebulosa do Girino

A minha vontade é de compartilhar todas as imagens do Astronomy Picture of the Day, mas escolho só a minha favorita da semana. Para essa escolhi essa nebulosa, que eu já devo ter visto imagens, mas que eu nem sabia que tinha esse nome engraçado!

Para ver texto e imagem originais, clique aqui.

Tradução porca feita por mim:
"A empoeirada Nebulosa de Emissão do Girino, IC410, está cerca de 12mil anos luz  de distância, na constelação de Auriga (Cocheiro). A brilhante nuvem de gás com cerca de 100 anos luz de extensão, foi esculpida por ventos estelares e radiação do aglomerado globular aberto NGC1893. Formado na nuvem interestelar a meros 4 milhões de anos atrás, o brilhante aglomerado de estrelas é visto em toda a nebulosa. Próximo ao centro da imagem estão duas regiões relativamente densas de material se afastando da região central da nebulosa. Sítios potenciais de formação estelar em andamento na IC410, esses girinos cósmicos tem formas com cerca de 10 anos luz de comprimento. A imagem foi tirada em luz infravermelha pelo satélite da NASA Wide Field Infrared Survey (WISE)."

Não só não tinha noção do nome dessa nebulosa, como também não sabia nada sobre ela. Provavelmente eu já vi imagens, mas não me lembro. Fui pesquisar um pouquinho sobre ela, e ao contrário do que acontece na maioria das minhas pesquisas, não encontrei resultados sequer na Wikipédia. O que li em alguns blogs de astronomia gringos é que esse nome deve-se ao fato desses dois filamentos centrais parecerem com girinos nadando em algumas imagens. Assim como muitas coisas na astronomia, é preciso de um pouco de imaginação para ver isso...







Nenhum comentário:

Postar um comentário