quinta-feira, 14 de agosto de 2014

Meu gosto excêntrico: Estrelitas

Eu devo ser uma pessoa muito excêntrica! A maioria dos produtos pelos quais me apaixono, simplesmente param de existir. A quantidade é tão grande, que resolvi começar a listar. Encabeçando essa lista sem sombra de dúvidas está o cereal Estrelitas da Nestlé. 



Estrelitas passou a ser meu cereal favorito desde que lançou, antes disso era o Froot Loops, que por hora quebra o galho, mas não o substitui de forma alguma. Não sei como explicar a minha paixão por essa tranqueira, é bom demais! O gosto de mel, o cheiro doce, a textura crek crek e o apaixonate formato de estrelas, que tornavam-se cadentes quando caiam da minha mão direto para o chão em minhas comilanças ogras! Amava tudo isso, a ponto de buscá-lo em supermercados longe da minha casa quando estava em falta por aqui. 

Foi quando por volta de abril de 2013 passei a não encontrá-lo em lugar algum da cidade, esperei, esperei, esperei... aí eu cansei de esperar e mandei um e-mail para a Nestlé perguntando o que havia acontecido com minhas amadas Estrelitas. Passado alguns dias recebi o triste retorno:


"Prezada Joseana,
Agradecemos seu contato e o interesse pelo Cereal ESTRELITAS.
Informamos que esse produto deixou de ser comercializado. 
Nada impede, porém, que ele volte a ser fabricado, se verificarmos a viabilidade. 
Esperamos contar com sua compreensão. 
Atenciosamente, 
SERVIÇO NESTLÉ AO CONSUMIDOR"

Ai que tristeza na minha vida, fiquei em choque com esse e-mail, até postei no facebook essa resposta! Alguns tiraram sarro da minha cara, mas alguns poucos amigos com esse mesmo gosto estranho compartilharam do meu sofrimento hauhauhauha. Uma dessas amigas foi a Dai, que quando foi para o Chile encontrou as Estrelitas e trouxe uma caixa de 500gr, me dando um dos melhores presentes de aniversário que já tive, muito obrigada Dai!! 


Cara de criança feliz com minhas Estrelitas chilenas!


E o melhor de tudo: as Estrelitas chilenas tem fomato de Estrelas e Luas (con Lunas, como diz a embalagem). Demorou já para vocês voltarem a fabricar essa budega no Brasil, hein Nestlé! Ter de importar cereal não tá fácil não!

Nenhum comentário:

Postar um comentário