quarta-feira, 6 de agosto de 2014

Gordice: Biscoito de Araruta

A receita de hoje é realmente uma receita de vó! Esse era o biscoito que minha vó Maria fazia para o lanche da tarde quando eu era pequena. Depois que ela morreu, o nome araruta ficou na minha cabeça, mas eu só sabia que isso era uma farinha branca. Perdão pela foto tosca de celular dos meus biscoitinhos.




De acordo com a Wikipédia, Araruta é uma planta com a qual utilizando a raiz é possível produzir uma fécula branca. É uma farinha bem leve e que na minha opnião tem uma textura parecida com polvilho misturado com sei lá, maizena(?). A cara dela é a dessa foto abaixo, que encontrei no Google, parece com uma mandioquinha branquela.



A farinha de Araruta é muito, muito, muito difícil mesmo de encontrar, pelo menos aqui no estado de São Paulo. O único lugar onde a encontro (mentira, é minha tia quem encontra pra mim) é naquelas casas do norte, e por isso é bem carinha, cerca de R$12,00 por meio quilo. Mas o sabor de infância e a quantidade grande de biscoitinhos que rende faz com que valha à pena. Caso você queira fazer um biscoito leve e com textura parecida com o de araruta, é possível substituí-la pelo polvilho doce.


Ingredientes:
500gr de farinha de araruta (ou polvilho doce)
250gr de farinha de trigo
250gr de açúcar
250gr de manteiga
3 ovos
1 pitada de sal

Modo de preparo:
Misture todos os ingredientes com as mãos, até formar uma massinha que solte das mãos e com a qual seja possível moldar os ingredientes. Eu usei um cortador de biscoitos para deixar nos formatos bonitinhos, mas uma bolinha achatada também está valendo. Leve ao forno médio por uns 20 minutos ou até começar a dourar embaixo. O biscoito fica meio mole na hora em que sai do forno, mas é só aguardar um pouquinho que ele endurece.

Pra mim é um dos melhores biscoitos do mundo!!



Nenhum comentário:

Postar um comentário