sexta-feira, 29 de agosto de 2014

Xing Ling: Borrachinha de curvex

Tenho um curvex com uns 8 anos e raramente o uso, mas vez ou outra acabo precisando. Cerca de um ano atrás parei de usá-lo porque achei que a borrachinha estava nojenta demais e super ressecada, dava até medo de cortar os cílios. Fui atrás das ditas cujas para repor em várias perfumarias e nenhuma aqui em São Carlos vendia a maldita, sempre tentavam me empurrar um curvex novo. Na boa, me recuso a comprar um curvex novo só por conta da borracha!

Como sempre, os chineses tem a solução para meus problemas. Só olhar no Aliexpress que via de regra eu encontro o que preciso. Comprei essas borrachinhas aqui, duas embalagens com seis unidades cada por US$2,79, cerca de R$5,50. Fiz a compra no dia 19 de maio e chegou em casa só no dia 4 de agosto. A cada dia tenho mais desgosto pelos Correios.


No site diz que as cores são sortidas, para mim vieram borrachinhas brancas e transparentes, em embalagens super bonitinhas com uma espécie de clipe colorido com glitter para fechar. Elas são bem fofinhas e bem acabadas. Fui correndo colocar no meu curvex sujo para testar, tenho a impressão de que ela é um pouquinho maior do que a antiga, mas nada que atrapalhe.



E o que interessa, funcionam super bem. Não sei se a minha borrachinha antiga é que estava muito zoneada ou se realmente essa curva melhor, mas no meu caso achei que deixou os cílios super pra cima.

Com curvex e sem curvex, sem nada de rímel e bem vesga

Agora a menos que meu curvex quebre, sei que não preciso comprar outro. E ainda tenho borrachinha para alguns anos!

quinta-feira, 28 de agosto de 2014

Gordice: Pavê de Limão

Receita ridícula de fácil que rola fazer quando você é incumbido de levar a sobremesa para um almoço aleatório de domingo.



Ingredientes:

1 lata de leite condensado
1 caixinha de creme de leite
suco de 4 ou 5 limões
1 caixa de bolacha champanhe
1 lata de Sprite, Soda ou qualquer refrigerante de limão
Raspas de um limão


Modo de preparo:

Em uma vasilha misture o leite condensado, creme de leite e o suco de limão aos poucos, até adquirir uma consistência cremosa. No começo pode parecer que vai dar tudo errado pois o limão talha o leite, mas misture com vontade que no fim da certo. Se você tiver preguiça de misturar na mão, pode bater no liquidificador também. Prove conforme adiciona o limão, quando achar que está azedinho do seu gosto, pode parar. Despeje 1/3 dessa mistura em um refratário.

Na sequência, molhe as bolachas champanhe no refrigerante e as organize em cima do creme que já colocou no refratário. Cuidado para não deixar as bolachas por muito tempo no refri, pois podem ficar moles demais.



Repita o processo na seguinte sequência: creme - bolacha - creme - bolacha - creme. Sempre começa e acaba com o creme! No caso de uma receita, eu faço  três camadas de creme e duas de bolacha. Depois é só cobrir o última camada de creme com algumas raspinhas de limão e deixar gelar.

Boa gordice!

quarta-feira, 27 de agosto de 2014

Esmalte da Vez: Azul Mais Doce

Esmalte pastel nas minhas mãos é algo raro de se ver, mas quando o esmalte é presente e ainda mais de uma cor que eu não tenho, ele sobe para topo da lista de prioridades esmaltísticas.


Azul Mais Doce é da marca portuguesa Inoeh que fabrica os esmaltes Inocos. O azul pastel aí de cima faz parte de uma coleção chamada "A Pipoca mais Doce", dá para ver todas as cores aqui. Quando comecei a pintar as unhas, pensei que seria o tormento característico de usar esmaltes pastéis, o de passar diversas mãos e a cor nunca fechar realmente. Já tinha até separado um glitter para passar por cima e disfarçar as manchas. 

E não é que esse azulzinho me supreendeu? Com duas mãos já fechou a cor, sem mancha nenhuma e com um brilho excelente! Achei tão fofo e estranho olhar para minhas mãos tão meigas que abandonei a ideia do glitter a proveitei os 6 dias que esse esmalte durou na minha mão sem nenhuma lasquinha. Acho que se todos os esmaltes pastéis fossem tão bons quanto esse, eu teria menos preguiça de usá-los.




terça-feira, 26 de agosto de 2014

Delineador Maybelline Eyestudio

Às vezes eu não entendo a lógica das marcas, vender alguns produtos que fazem sucesso em um lugar do mundo e em outros não. A Maybelline é expert em fazer isso e esse delineador é mais um exemplo. Comprei ele em uma viagem que fiz ao Uruguai em abril, em uma farmácia que tinha perto do hotel. Custou 240 Pesos Uruguaios, o que equivale à R$24,00. Até hoje não encontrei igual nas farmácias brasileiras.



Além do potinho com o delineador, veio um mini pincél, que não cheguei a usar e nem sei onde está, pois prefiro pincéis chanfrados para delinear, o que não era o caso deste. 
Vem uma quantidade boa de produto, considerando que delineador em gel resseca rápido, espero conseguir usá-lo até o fim antes que fiquei duro demais. A textura dele é muito boa, fica pretinho do jeito que eu gosto e não sai com facilidade. Na foto abaixo dá pra ver bem como ele é pigmentado. O traço borradinho é o que eu esfreguei bastante o dedo por cima e só como muito esforço mesmo é que dá para manchar esse delineador. Posso usar o dia inteiro e continua perfeito


Se por um lado é difícil de borrar, pelo outro é muito fácil de retirar com demaquilante, não deixa a pele manchada como o delineador da Coastal Scentes que eu tenho. Paixão é o que define o que eu sinto por esse delineador! Ótima pigmentação, durabilidade, embalagem linda e resistente. O único defeito é a Maybelline que não nos faz o favor de trazê-lo para o Brasil. =(





Boca Colorida: Beringela Daillus

No post da franja fake, usei um batom que ficou por muito tempo encostado aqui em casa, é o Beringela da Dailus. Não sei como pude deixar de usar tanto esse batom.


Ele é um roxo, com uma leve puxada pro rosa, sei lá, e meio mutante e em cada foto aparece de um jeito. Estou amando ter redescoberto esse batom na minha caixa, estou até pensando em comprar um outro, já que esse tá começando a ficar gasto demais.


Na foto ele parece ficar meio manchado e ressaltando as pelinhas da boca, mas ao vivo esse as pelinhas somem e a cor fica bem uniforme com uma camada só. Lembro que paguei menos de R$5,00 nele e imagino que não deva escapar muito desse preço ainda hoje.


quinta-feira, 14 de agosto de 2014

Meu gosto excêntrico: Estrelitas

Eu devo ser uma pessoa muito excêntrica! A maioria dos produtos pelos quais me apaixono, simplesmente param de existir. A quantidade é tão grande, que resolvi começar a listar. Encabeçando essa lista sem sombra de dúvidas está o cereal Estrelitas da Nestlé. 



Estrelitas passou a ser meu cereal favorito desde que lançou, antes disso era o Froot Loops, que por hora quebra o galho, mas não o substitui de forma alguma. Não sei como explicar a minha paixão por essa tranqueira, é bom demais! O gosto de mel, o cheiro doce, a textura crek crek e o apaixonate formato de estrelas, que tornavam-se cadentes quando caiam da minha mão direto para o chão em minhas comilanças ogras! Amava tudo isso, a ponto de buscá-lo em supermercados longe da minha casa quando estava em falta por aqui. 

Foi quando por volta de abril de 2013 passei a não encontrá-lo em lugar algum da cidade, esperei, esperei, esperei... aí eu cansei de esperar e mandei um e-mail para a Nestlé perguntando o que havia acontecido com minhas amadas Estrelitas. Passado alguns dias recebi o triste retorno:


"Prezada Joseana,
Agradecemos seu contato e o interesse pelo Cereal ESTRELITAS.
Informamos que esse produto deixou de ser comercializado. 
Nada impede, porém, que ele volte a ser fabricado, se verificarmos a viabilidade. 
Esperamos contar com sua compreensão. 
Atenciosamente, 
SERVIÇO NESTLÉ AO CONSUMIDOR"

Ai que tristeza na minha vida, fiquei em choque com esse e-mail, até postei no facebook essa resposta! Alguns tiraram sarro da minha cara, mas alguns poucos amigos com esse mesmo gosto estranho compartilharam do meu sofrimento hauhauhauha. Uma dessas amigas foi a Dai, que quando foi para o Chile encontrou as Estrelitas e trouxe uma caixa de 500gr, me dando um dos melhores presentes de aniversário que já tive, muito obrigada Dai!! 


Cara de criança feliz com minhas Estrelitas chilenas!


E o melhor de tudo: as Estrelitas chilenas tem fomato de Estrelas e Luas (con Lunas, como diz a embalagem). Demorou já para vocês voltarem a fabricar essa budega no Brasil, hein Nestlé! Ter de importar cereal não tá fácil não!

quarta-feira, 13 de agosto de 2014

Xing Ling: Franja fake

De vez em quando me bate uma vontade de ter franja, logo depois essa vontade passa, volta e assim fica, oscilante. Eu não tenho franja desde uns 5 anos de idade, então nem tinha ideia de como ficaria a minha cara de bolacha com esse visual. Foi então que eu pensei: chineses fazem tudo quanto é coisa bizarra, eles devem ter franjas falsas também. 

Batata, foi entrar no Aliexpress e encontrar! Comprei a franja reta mais barata que encontrei, custou $3,87 com esse vendedor. Comprei na cor black.





Fiz a compra no dia 28 de junho e no dia 31 de julho a franja estava em casa, até que foi rápido considerando a demora típica dos correios. Quando abri o pacote pensei que ela jamais serviria na minha cabeça de forma aceitável, veio torta demais!! Dei um banho na franja, passei condicionador, mas a cara dela só melhorou depois de passar um bom tanto de laquê e esperar secar.


Situação da franja quando chegou em casa.
A textura dos fios parecem com cabelo de boneca só que mais macio, creio que depois de um tempo ela vai embolar toda, como sempre acontecia com minhas Barbies. De qualquer forma acho que valeu à pena considerando o preço e o fato de que eu só queria fazer um teste de como ficaria com ela.

Para colocar a franja, eu prendi a frente do meu cabelo com grampos e posicionei a franja, ela tem alguns dentinhos embaixo que impedem que ela fique escorregando.





Como a franja fica bem feia só encaixada no cabelo, passei algumas mechas por cima e prendendo com grampos (disfarça a raiz do cabelo de cor diferente, já passou e muito da hora de pintar de novo). Para finalizar fiz um coque, achei que ficou bem simpático. Só tenho de aprender a dar um acabamento melhor e a disfarçar os meus cabelinhos revoltados embaixo. Tenho esperança que com a franja desentortando isso fique mais fácil.



No fim acho que até gostei da minha cara com franja, mas não a ponto de ter o trabalho e gasto de fazer progressiva e chapinha em uma parte do cabelo. Odeio cabeleireiro, odeio secador e chapinha! Acho que prefiro continuar com minha juba que não é linda, mas também não me dá muito trabalho. Quando der vontade, continuo usando minha franjinha fake! ^.^

















quinta-feira, 7 de agosto de 2014

Esmalte da vez: Teen

Eu tenho muitos esmaltes, e eu uso todos, desde os mais velhos e cafonas até os mais novos e na moda. Esse é um dos velhos e que eu acho muito legal, ele é da época em que os vidrinhos da Cora ainda não tinham a tampa horrível que tem hoje. 



O legal do Teen é que ele é da época em que malemá existiam duochromes no Brasil, e eis que esse top coat baratinho, que passa desapercebido pelos balaios de esmaltes,  faz muito bem as vezes de um duochrome verde e rosa quando usado em cima de um esmalte preto como na foto. 

quarta-feira, 6 de agosto de 2014

Gordice: Biscoito de Araruta

A receita de hoje é realmente uma receita de vó! Esse era o biscoito que minha vó Maria fazia para o lanche da tarde quando eu era pequena. Depois que ela morreu, o nome araruta ficou na minha cabeça, mas eu só sabia que isso era uma farinha branca. Perdão pela foto tosca de celular dos meus biscoitinhos.




De acordo com a Wikipédia, Araruta é uma planta com a qual utilizando a raiz é possível produzir uma fécula branca. É uma farinha bem leve e que na minha opnião tem uma textura parecida com polvilho misturado com sei lá, maizena(?). A cara dela é a dessa foto abaixo, que encontrei no Google, parece com uma mandioquinha branquela.



A farinha de Araruta é muito, muito, muito difícil mesmo de encontrar, pelo menos aqui no estado de São Paulo. O único lugar onde a encontro (mentira, é minha tia quem encontra pra mim) é naquelas casas do norte, e por isso é bem carinha, cerca de R$12,00 por meio quilo. Mas o sabor de infância e a quantidade grande de biscoitinhos que rende faz com que valha à pena. Caso você queira fazer um biscoito leve e com textura parecida com o de araruta, é possível substituí-la pelo polvilho doce.


Ingredientes:
500gr de farinha de araruta (ou polvilho doce)
250gr de farinha de trigo
250gr de açúcar
250gr de manteiga
3 ovos
1 pitada de sal

Modo de preparo:
Misture todos os ingredientes com as mãos, até formar uma massinha que solte das mãos e com a qual seja possível moldar os ingredientes. Eu usei um cortador de biscoitos para deixar nos formatos bonitinhos, mas uma bolinha achatada também está valendo. Leve ao forno médio por uns 20 minutos ou até começar a dourar embaixo. O biscoito fica meio mole na hora em que sai do forno, mas é só aguardar um pouquinho que ele endurece.

Pra mim é um dos melhores biscoitos do mundo!!



terça-feira, 5 de agosto de 2014

Boca Colorida: Paixão Matte Avon

A grande maioria dos batons que eu tenho são da Avon, adoro o quanto eles são pigmentados, cremosos e com embalagens bonitas. Além do mais são baratos e sempre dá pra encontrar com alguma amiga que vende Avon sem o trabalho de sair de casa.

Das linhas atuais, a Ultra Color é minha favorita. Tem embalagem linda e o visor transparente na tampa ajuda na hora de pegar os batons na caixa



O batom de hoje é o Paixão Matte, que de matte não tem nada, nisso a Avon falhou miseravelmente, olha como fica super brilhoso na boca!


Apesar de não vir exatamente o batom que eu esperava, gostei muito dele. É um risco que se corre quando compramos em catálogo, mas pelo menos é uma batom diferente dos que eu já tenho! ^.^